Domingo, 17 de Dezembro de 2017

6/7/2012 - Osasco - SP

Prefeitura e Ministério da Justiça qualificam agentes públicos para combate à pirataria




da acessoria de imprensa da prefeitura de Osasco

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Segurança e Controle Urbano (Secontru) e em parceria com o Ministério da Justiça, promoveu no dia 4 de julho um curso de qualificação para fiscais e guardas civis municipais visando intensificar as ações de combate à pirataria.

O evento foi realizado no Espaço Cultural Grande Otelo e contou com a presença do vice-prefeito, Faisal Cury, além de representantes das polícias Militar e Civil.

Uma realização do Conselho Nacional de Combate à Pirataria e Delitos Contra a Propriedade Intelectual (CNCP) do ministério, por meio do Fórum Nacional Contra à Pirataria e a Ilegalidade (FNCP), o curso tem como slogan, “Brasil Original – Compre essa atitude” e integra termo de cooperação assinado em março desse ano, entre a Prefeitura e o governo federal, visando à melhoria da atuação de repressão à comercialização de produtos ilegais na cidade. 

Os agentes públicos estão adquirindo conhecimentos específicos para identificação de produtos pirateados ou contrabandeados, além das técnicas utilizadas para certificação dos produtos originais. Eles também recebem  qualificação especifica para atuar na “Campanha de Conscientização contra o Comércio de Produtos Piratas” desenvolvida pela Secontru e que visa esclarecer comerciantes e consumidores sobre os males à saúde causados por produtos ilegais, como o remédio e bebidas, que podem causar até a morte.

A programação do curso foi intermediada pelo secretário executivo do CNCP, Rafael Belline. Já as informações sobre a formação do conselho, objetivos e os desafios foram apresentados pela secretária executiva do CNCP Maria Angélica Molina. A programação incluiu ainda palestras técnicas sobre diversos  setores das indústrias brasileira, como de medicamentos, produtos de limpeza, cigarros, óculos, calçados, bolsas, isqueiro, canetas, brinquedos, eletrônicos, celular, softwares, CD’S, DVD’S, materiais de impressão e esportivos.   
 
A abertura do curso foi feita pelo secretário da Secontru, José Amando Mota. “Nós temos um problema a ser enfrentado, que envolve questão econômica e evasão de divisas, que afetam até as diretrizes internacionais, já que um país que combate à pirataria é bem visto lá fora. Enfrentamos ainda uma outra questão, que é  fazer as pessoas que atuam nessa área irem para a formalidade”, disse. 
Já o vice-prefeito de Osasco, Faisal Cury, abordou, em seu discurso, o papel do consumidor. “É fundamental educarmos a população a não se servir da pirataria para suprir suas necessidades, além de  prepararmos os agentes para o combate à pirataria”, destacou.
Também participaram do evento o capitão da Policia Militar Keida e o delegado da Seccional de Osasco Mauro Guimarães Soares, dentre outras autoridades.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Osasco Fácil.


Enviar esta notícia por email
Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2017, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.