Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019

28/9/2012 - Osasco - SP

Professores da rede Municipal visitam 30ª Bienal de São Paulo




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Osasco

 

No último sábado (22), os professores de arte e funcionários da rede municipal de Educação visitaram a Trigésima Bienal de São Paulo - A Iminência das Poéticas. Os profissionais foram recebidos por um instrutor da Bienal, que guiou o grupo durante todo o trajeto para apreciar as exposições de Beach Thiptyeh, Hons Eijkellbomm, Horst Ademeit, Theshing Hsieh, Mark Morrisroe e Arthur Bispo do Rosário. O grupo planejou em conjunto o roteiro a ser seguido e se comprometeu em voltar para completar a visitação.
A visita iniciou-se pelo vislumbre de imagens de renomados artistas por todos os lados no terceiro andar. O instrutor levou a todos a explorar as polaroides de Mark Morrisroe. Os professores conversaram dentro de cada espaço, abordando as Bienais de São Paulo e as ideias da curadoria para 30° edição. Foram observados no percurso olhares sobre os processos criativos em diversos espaços, onde mais de um trabalho do mesmo artista se reuniam.
Os visitadores percorreram uma exposição, cujo conjunto de obras constitui fios, linhas, tempo, aquilo que permanece e o que perece. O espaço propiciou aos visitantes de Osasco discussão sobre a iminência dos diálogos sobre arte no grupo. A palavra circulou e se fez matéria pela voz dos educadores e seus repertórios, muitas vezes, carregados do olhar característico de suas áreas de formação.
Encantado com a reflexão que tece cada exposição observada, o estudante de pedagogia Reginaldo Cassiano Urbano Araújo, 28 anos, que trabalha na Emei Profª Maria Aparecida de Camargo Damy Rodrigues, comenta, “aprendi muito com o curso oferecido pela Secretaria de Educação de Arte Contemporânea. Pude fazer uma leitura profunda e crítica dos artistas e períodos. Hoje, tenho bagagem para sentir a arte e refletir acerca das diferentes manifestações artísticas”, afirma.

 

Rumo ao coração da Trigésima Bienal, os visitantes foram ao encontro de Arthur Bispo do Rosário. Por mais que se conheça sua produção, é difícil não ser impactado por ela. Os professores estabeleceram uma conversa permeada de muitos questionamentos. “Luis Pérez-Oramas não poderia ter escolhido figura mais instigante para A iminência das poéticas. Bispo do Rosário está em um contexto que nos colocará em novo diálogo com suas ideias e constelação aparentemente bem explorada”, comenta a artista plástica e professora na Emef Saad Bechara, Dalva Oliveira.
Em vida, o artista não teve como objetivo destinar sua obra à arte; antes, ela era sua relação com o mundo. Parece haver sempre uma ligação entre cada um dos 111 artistas e as impactantes e instigantes produções de Bispo do Rosário. “A exposição do Bispo é um trabalho que, realmente, vale a pena conhecer, a arte dele desperta um universo de cultura e abrange a forma de olhar para arte e as vivências do nosso cotidiano”, completa a professora da Emef Tobias Barreto de Menezes, Eliane Lorenço.
No final da visitação, os profissionais da educação se reuniram para conversar sobre todo o percurso e as exposições que se destacaram na Trigésima Bienal. Na saída, os professores, receberam o material para auxiliar os alunos nas experiências com a arte em sala de aula.
Segundo a Secretária de Educação Marinalva Oliveira, durante os meses de março a agosto, a Secretaria de Educação de Osasco, juntamente com a Bienal de São Paulo, realizou encontros do Curso de Arte Contemporânea – ‘Produção coletiva de sentidos’ para educadores do Município de Osasco. O curso aconteceu no Centro de Formação dos Profissionais da Educação de Osasco, “com objetivo de propor reflexões que levaram em consideração as experiências pessoais de cada participante como forma de aproximação com a arte. Agora estarão ainda mais preparados para acompanhar nossos alunos à Bienal e no desenvolvimento em sala de aula", conclui.
Entre os meses de outubro e novembro, alunos das unidades educacionais de Osasco e educandos da Educação de Jovens e adultos - EJA,  visitarão a Trigésima Bienal de São Paulo e poderão tirar suas próprias conclusões e se enriquecer com beleza, inquietações, cultura e arte da melhor qualidade. 

 

 

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Osasco Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.