Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020

17/8/2020 - Osasco - SP

Violinista faz campanha após perder visto na Austrália por falta de seguidores




da assessoria de imprensa da Câmara de Osasco

"Sou muito grata a todas as pessoas que estão me ajudando nessa causa e eu espero muito representar o Brasil da melhor maneira que eu puder conseguindo esse visto”. Com essa frase, a violinista osasquense Anna Murakawa agradeceu aos mais de 518 mil seguidores conquistados no Instagram, nos últimos meses.

Anna também tem muitos seguidores no Facebook e no YouTube, mas esse número precisa continuar aumentando para que ela consiga permanecer no país que escolheu para viver de música.

Como forma de agradecer os novos seguidores nas redes sociais, a osasquense compôs a música “Obrigada”, cujo vídeo já tem 79,6 mil visualizações no seu canal no YouTube.

Mesmo após ter tocado com artistas renomados como Michael Bublé e Eminem em terras australianas, de lecionar no conservatório da Universidade de Sidney, Anna teve o visto negado porque suas redes sociais não possuía seguidores suficientes para que fosse considerada uma artista internacional.

A violinista vive na Austrália há quatro anos e tem enfrentado noites sem dormir em busca de um visto, para poder continuar morando na terra dos cangurus. A presença nas redes sociais e a atualização constante de seu portfólio serão fundamentais para que Anna possa dar continuidade ao processo de obtenção do visto.

“Esse visto não é um visto de trabalho, mas um visto de talento distinto, que me daria a residência permanente aqui na Austrália”, conta Anna. Após ter o visto negado, a violinista recebeu um ultimato das autoridades australianas, que deram 21 dias para que ela conseguisse mais visibilidade nas redes sociais e recorresse, ou então teria 28 dias para sair do país.

“Foi um choque muito grande”, recorda Anna, que concluiu o doutorado na Universidade de Sidney e tem uma vida inteira dedicada à música. “Receber um não por um motivo como esse foi realmente muito difícil”, acrescenta.

Anna já teve a apelação aceita pelas autoridades australianas e aguarda a marcação da data da audiência para que a questão do visto seja julgada de modo definitivo. A ansiedade da artista é grande porque, segundo as autoridades, o julgamento pode acontecer tanto daqui a duas semanas como daqui a dois meses – a lei australiana não especifica um prazo. Além disso, ela vai ter que correr atrás de toda a papelada praticamente sozinha.

Por isso, mais do que nunca, Anna precisa seguir cuidando de sua imagem nas redes sociais. “Eu vou continuar trabalhando para alimentar esse portfólio, para conseguir mais parcerias, mais visibilidade como artista, até o dia dessa audiência, se Deus quiser”, complementa.

APOIO DE FAMOSOS
A história de Anna Murakawa na música começou aos 13 anos de idade, no polo osasquense do Projeto Guri. Ela logo chamou a atenção de pessoas famosas, como o apresentador Luciano Huck e a atriz Fabiana Carla.

Os dois globais ficaram sensibilizados com o fato de ela não conseguir o visto por não ter seguidores suficientes nas redes sociais para ser considerada uma artista internacional.

Além do apoio dos famosos, a violinista acredita que a situação tenha chamado a atenção porque muitas pessoas se identificaram com sua história de vida.

“Eu vim de um começo humilde em Osasco. Foi uma vida de muito trabalho. Acho que as pessoas sabem o valor de um sonho, o valor de uma luta. E a gente receber um não, às vezes por um motivo que pode parecer tão pequeno para algumas pessoas, eu acho que tem um impacto na vida de muita gente”, justifica.

Nascida e crescida em Osasco, Anna Murakawa tem orgulho do lugar onde nasceu e quer proporcionar ainda mais alegria para os osasquenses e todos os brasileiros com a conquista do tão sonhado visto. “Espero trazer ainda mais orgulho para as pessoas e eu acho que nunca na minha vida recebi tantas mensagens das pessoas falando que é um orgulho para Osasco também. Então muita gente conhecendo a nossa cidade, o que me alegra muito”, conclui.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Osasco Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.